Quem trabalha com marketing entende que o trabalho nunca acaba. Por isso, a importância de contar com hacks de produtividade. E as metodologias ágeis podem ajudar seu time a se organizar melhor e produzir mais e com melhor qualidade.

Boa parte das grandes empresas aplicam algumas delas na rotina com o objetivo de alavancar as entregas e criar uma rotina e processos padronizados. Listamos algumas neste conteúdo, leia até o final para conferir!

Leia por tópicos ⬇

O que são Metodologias Ágeis?

Manifesto ágil e seus 4 pilares

4 Metodologias Ágeis

Por que usar?

O que são metodologias ágeis?

A primeira área ou segmento a usar os métodos ágeis foi a indústria de tecnologia da informação para gerenciar o cotidiano com mais controle de cada etapa. 

O sucesso foi tão grande, que logo essas metodologias foram adotadas em outros mercados até chegar ao marketing. 

Mas, em resumo, as metodologias ágeis consistem em definir rituais e processos mais curtos (em menor espaço de tempo) para entender quais etapas precisam de melhoria e melhor alinhamento da equipe.

Dessa forma, é possível ter uma visão estratégica para encontrar falhas e buscar soluções que focam em resolver aquela pequena etapa do desenvolvimento. 

O manifesto ágil e seus 4 pilares

Em 2001, um grupo de 17 pessoas se reuniu para debater novas abordagens e melhorias em gerenciamento de projetos. 

Foi assim que surgiu o chamado Manifesto Ágil, que apesar de muitas metodologias serem anteriores à data de criação, foi ali que foi estabelecido e consolidado 4 pilares essenciais, são eles:

  1. Comunicação: indivíduos e interação entre eles mais que processos e ferramentas;
  1. Praticidade: Software em funcionamento mais que documentação abrangente;
  1. Alinhamento de expectativas e colaboração: colaboração com o cliente e membros do projeto mais que negociação de contratos;
  1. Adaptabilidade e flexibilidade: responder a mudanças mais que seguir um plano.

4 Metodologias Ágeis para usar no Marketing

metodologias ágeis são definidas em reuniões no marketing e devem ser usadas constantemente para equipes que desejam aumentar a produtividade

Boa parte das metodologias foram pensadas para desenvolvimento de softwares e trabalhos com tecnologia. Entretanto, muitas empresas e setores de marketing já conquistaram uma rotina muito mais inteligente e produtiva ao aplicar esses conceitos no dia a dia. Confira!

  1. Kanban
    O termo de origem japonesa é um sistema de gestão visual para controle de tarefas e fluxos de trabalho através da utilização de colunas e cartões, simplificando a gestão de atividades. 

    Geralmente é dividido entre três colunas em que você deve colocar suas atividades em “a fazer”, “fazendo (ou em andamento)” e “feito”. Essa estrutura visual ajuda a ter mais controle das etapas e dos projetos que foram solicitados.
  1. SMART
    Sem traçar metas o caminho para crescer é nebuloso e confuso. Por isso, esse método é ideal para criar objetivos mais reais e palpáveis. Afinal, metas muito distantes da realidade atual tendem a desmotivar a sua equipe. Seus 5 pilares estão ligados a cada sigla, conheça:

    S – de Specific: em primeiro lugar, sua meta precisa específica (Specific em inglês), ou seja, bem clara e sem rodeios. Aborde um ponto por vez, afinal, muitas ideias ao mesmo tempo podem confundir e dar margem para interpretações equivocadas.

    M – de Measurable: sua meta deve ser mensurável (mensurable em inglês) e quantificável. Sem dados para demonstrar o valor do seu trabalho, pode anular todo seu esforço. Números são essenciais para comprovar a realidade.

    A – de Attainable: é fundamental que os objetivos sejam alcançáveis (attainable em inglês). Assim, como dito anteriormente, seu time não fica desmotivado por não conseguir cumprir metas impossíveis para o momento.

    R – de Relevant: sua meta precisa ser relevante (relevant em inglês). Isto é, gerar um impacto e mudar os ponteiros da empresa de verdade. Cuidado com métricas de vaidade para não se perder.

    T – de Time-related: estabeleça um prazo limite para entrega dos projetos. Dessa forma, você evita procrastinações. Assim, sua equipe pode focar e ter melhor efetividade nos projetos e resultados. 
  1. Lean
    Esse método se consolidou no universo das startups e consiste em trabalhar com projetos mais enxutos e seu foco principal está em eliminar os desperdícios durante a execução

    Um conceito importante criado por Eric Ries, é a importância de trabalhar com MVPs antes de partir para a execução completa de um projeto. 

    O MVP, vem do Inglês Minimum Viable Product (Produto Mínimo Viável). Ou seja, quanto mais funcional a versão do produto (ou projeto) fica mais simples para a empresa validar e testar projetos para perceber pontos positivos e negativos antes de investir mais tempo e esforço para colocar a versão completa no mercado.

    Em uma campanha de marketing o KV (Key Visual) pode ser considerado um MVP, pois é uma peça única, que funciona como um guia, representando a essência do projeto. Assim, o time de marketing não precisa refazer todas as peças necessárias por conta de reprovações.

    Em resumo, esse método é indicado para a validação de ideias e hipóteses e é constituído por três passos, que são construir, medir e aprender.
  1. Scrum
    Um dos métodos mais populares, desenvolvido por Ken Schwaber e Jeff Sutherlande, tem como principal objetivo auxiliar na gestão e no desenvolvimento de projetos que tenham um prazo curto de entrega.

    Na prática, o Scrum funciona criando ciclos, conhecidos como sprints, que são os intervalos de tempo para o desenvolvimento de cada etapa. Ao final de cada etapa, existe uma revisão das tarefas para validação. É só depois disso que a equipe inicia o próximo ciclo.

    Nessa metodologia é importante distribuir responsabilidades. Por isso, existe o papel do dono do projeto (Product Owner, ou apenas Owner), que será o principal responsável e tomará as principais decisões sobre o desenvolvimento daquele projeto.

Por que você deveria usar os métodos ágeis o quanto antes

Você pode estar se perguntando se deveria ou não usar as metodologias ágeis no seu dia a dia no marketing e se realmente vale a pena transformar a sua rotina que está estabelecida. 

Saiba que a resposta é sim, independente do segmento da empresa e tamanho, esses métodos podem ajudar seu time a produzir mais e chegar mais rápido onde vocês desejam. 

Confira alguns benefícios de começar a usar o quanto antes:

  • Identificar falhas o quanto antes;
  • Descobrir quem são os colaboradores mais produtivos;
  • Agilizar entregas;
  • Mensurar resultados constantemente;
  • Distribuir responsabilidades.

Em resumo, as empresas de todos os tamanhos e segmentos, em home office ou presencial, devem contar com métodos ágeis para agilizar as entregas no marketing. 

E se seu time é enxuto, saiba que essas são as melhores saídas para dar conta do número de demandas e se organizar no dia a dia.